Conheça seu Signo II

aries

Material Extraído do site Agricultura Celeste

Áries

21 de março à 20 de abril (0º à 30º)

“Eu Sou” – “Eu Posso”

Tem um magnetismo à prova de fogo…

Áries é o signo onde Marte tem seu domicílio e Vênus seu exílio, onde o Sol está exaltado e Saturno em queda. Marte ou Ares, deus da guerra entre os romanos e gregos, tem seu domínio neste signo de conquista, envolvimento e ação.

Na astrologia tradicional, Marte corresponde à idade adulta, ao período de lutas. O planeta Marte está associado aos esportes, aos militares (com Júpiter), às armas, à indústria, à siderurgia, às lutas, conflitos e violência, aos líderes.

Áries passa rapidamente do desejo à ação; assim, não oferece um ambiente propício para Saturno, planeta de cautela, da previdência, das decisões ponderadas e refletidas.

Aos resultados de longo prazo de Saturno, Marte contrapõe aquilo que é necessário no momento presente. Saturno é o jogo da paciência, enquanto Áries é a impulsividade, a precipitação.

Entretanto, os dois sabem que nada cai do céu e tem em comum a característica do esforço, o que explica o fato de Marte ter sua exaltação em Capricórnio, signo regido por Saturno.

Saturno também representa a tradição, o que o passado demonstrou ser sólido e eficaz; Áries se volta para o não tentado, e tende, muitas vezes, a ignorar as lições da experiência.

Marcado pelo entusiasmo, envolvimento e autoafirmação, Áries é um signo que proporciona um bom ambiente para o Sol – associado à disposição em expor-se e correr riscos – que, dessa forma, está exaltado, neste trecho do zodíaco.

O mesmo não acontece com Vênus, que aqui está longe de casa, em exílio. Vênus é o planeta do amor, mas é preciso não interpretar mal seu exílio em Áries, pois o amor existe em todos os signos do zodíaco.

As estratégias são diferentes – onde Áries busca, Vênus atrai; onde Áries se afirma, Vênus harmoniza. As armas são diferentes, mas a guerra, essa é a mesma.

1º Eixo: Áries – Libra:  Missão diplomática, agressividade, relacionamento, o parâmetro dos dois é sempre o outro, ambos tem a necessidade de conquista: Áries conquista brigando, é sempre “pra já”, e Libra conquista conversando, “deixa disso”.

Saúde: Áries rege o sistema muscular, a força física, a cabeça, cérebro, crânio, testa, rosto, face, queixo, olhos, boca, ouvidos, nariz, encéfalo, maxilares, mandíbula, vértebras cervicais, artérias carótidas externas, como consequência, os arianos frequentemente sofrem de dores de cabeça, enxaqueca, inflamações nos olhos, boca, ouvido e nariz, acidentes, cicatrizes, cirurgias, erupções, encefalite, vertigem. Qualquer coisa que afeta a cabeça. As glândulas arianas são as suprarrenais, que lançam adrenalina na corrente sanguínea em caso de emergência – como um arroubo de cólera ou energia ariana – o que confere aos nativos desse signo a reputação de impetuosos. Recomenda-se o consumo de tomate para os arianos, por conter fosfato de potássio, evitando assim a depressão.

Profissão: aeromoça, publicitário, bombeiro, dentista, esportista e atletas, artesão, metalúrgico, militar, açougueiro, advogado, guia turístico, professor de educação física, metroviário, ferroviário, motorista, policial, piloto, diplomata, soldado.

Áries com Ascendente em:

Áries: Ser duas vezes significa duplicar, tanto as qualidades como os defeitos, mas torna o ariano muito mais ativo.

Touro: Dá equilíbrio aos ímpetos de Áries, tornando-o mais estável, e dando mais preguiça e possessividade.

Gêmeos: Dá mais inteligência a energia canalizada, dando mais vitórias na vida e inconstância no amor.

Câncer: Confere delicadeza e menos agressividade e oscilações no humor típicas de Câncer.

Leão: Aumenta a ambição e o egoísmo, não faltará a generosidade e o calor que emanam de Leão.

Virgem: Promete mais equilíbrio e fidelidade na vida emocional, o profissional se torna mais calma e prático.

Libra: Aumenta o desejo de satisfação sexual e tende a ser mais fiel no amor.

Escorpião: Grande estímulo para o trabalho e a liderança profissional, a fidelidade aumenta, assim como o ciúme e a possessividade.

Sagitário: Aumenta a independência e o desejo de liberdade, fará o possível para fugir de relações sufocantes ou rotineiras.

Capricórnio: Atitudes mais refletidas, o amor deixa de ser tão inconstante, confere uma maior valorização da vida familiar.

Aquário: Dá ênfase a amizade, no amor a sua liberdade vem em 1º lugar, sendo natural assim, sumir do mapa de vez em quando.

Peixes: Dá falta de senso prático e se mostra mais meigo nos relacionamentos.

touro

Touro

21 de abril a 20 de maio (30º à 60º)

“Eu Tenho”

Mais amor, mais prazer…

Uma das moradas de Vênus (a outra é Libra), o signo de Touro representa também uma combinação da exaltação da Lua, queda de Urano e exílio de Marte e Plutão.

Vênus rege os relacionamentos amorosos, a beleza e a arte em todas as suas formas, a harmonia, o magnetismo, o conforto, o consumo, as joias – tem também relação com as finanças – o prazer, o contentamento. Na sua versão taurina, Vênus apresenta uma doce e firme sensualidade, um afeto pujante, porém tranquilo, um amor ancorado em terreno sólido.

O relacionamento Vênus – Touro precisa da certeza para florescer, diferentemente de Vênus-Peixes, capaz de enxergar o que não existe, ou de Vênus-Escorpião, capaz de viver a negação, para entender a afirmação, aqui Vênus representa o robustez do amor primaveril, as situações claras e bem delineadas, a sabedoria de viver com realismo a realidade atual.

A Lua, planeta das ligações em geral, das raízes e da memória, sente-se à vontade neste signo que reúne presente e passado para, sem pressa, ir construindo o futuro.

A primeira faceta de Touro – a junção Lua-Vênus – confere a este signo a capacidade de viver no aqui – agora não de uma forma irresponsável e sim tendo a habilidade de nada desperdiçar, de valorizar e aproveitar todos os recursos, todas as alegrias.

É somente quando o esquema Lua-Vênus não funciona bem que surgem outros aspectos dessa combinação: um apego exagerado às vantagens e benesses do que já passou, um desejo de adiar o futuro e a mudança, uma tendência a prolongar a situação em curso além do necessário, a se demorar no presente – ou no passado.

Assim se explica porque Marte sempre pronto a tomar iniciativas, fica pouco confortável em Touro, que às vezes retarda a tomada de decisões, preferindo que as portas do futuro se abram sozinhas.

Também Marte, regente de Áries, tem entre suas especialidades a capacidade – ou pelo menos a vontade – de reformar, mudar, revolucionar; e Urano, em queda no signo de Touro, é outro reformador, marcado pelo abrupto, pelo inesperado, pelo explosivo.

Bem diferente é o estilo de Touro. Suas mudanças são lentas, graduais; quando o que importa, sobretudo é consolidar, construir com firmeza e aperfeiçoar.

Feminino, do elemento Terra, este signo sugere um ambiente infantil marcado pela relação da mãe, ou de quem representou o papel da mãe, às vezes até mesmo o próprio pai.

2º Eixo: Touro – Escorpião: Posse, desejo, poder, controle, necessidade de segurança, necessidade de autocontrole, instinto de sobrevivência; Escorpião – dificuldade de lidar com a perda, excesso de estratégia; Touro – é na puberdade que há uma transformação na voz.

Saúde: As áreas sensíveis dos taurinos são: garganta, pescoço, orelhas, esôfago, tiroide, faringe, cordas vocais, laríngeo, lábios, amígdalas, glote, epiglote, paladar, sistema linfático, cerebelo, vértebras cervicais, ouvidos e seu sentido. Por reger a garganta e o pescoço, os taurinos são especialmente vulneráveis a resfriados e calafrios. Confere problemas de voz, garganta e pescoço, sujeito a gânglios, tumores, difteria, sufocação, abscesso, qualquer coisa que afete entre a boca e a base do pescoço. A glândula taurina é a tireoide e qualquer disfunção desta provoca sérios problemas de peso. Rege também os hormônios e os rins. Recomenda-se o consumo de aipo, pois este ajuda a vencer problemas causados pelo excesso de peso.

Profissão: Arquiteto, escultor, contador, cantor e cantora, corretor de imóveis, modelo bibliotecário e recepcionista, pecuarista, fazendeiro, empresário, pedreiro, pintor de parede, desenhista, bancário, economista, artista, radialista, decorador, advogado, cargos de importância.

Touro com Ascendente em:

Áries: Conflitos entre a fidelidade no amor e os desejos por aventuras, no campo profissional se beneficia com muita energia.

Touro: Aumenta a necessidade de estabilidade afetiva e econômica, sua sensualidade e a tendência à preguiça.

Gêmeos: Controla a gula dos taurinos e torna-os mais comunicativos e abertos a novas ideias.

Câncer: Tornam-se ainda mais voltados à família, mesmo depois de adultos.

Leão: Aumenta o desejo pela estabilidade econômica e pelo reconhecimento social. Sinal de boa saúde, de vitalidade. Sucesso assegurado, seja ele no desporto, na arte ou noutra coisa qualquer. Vida afetiva bem preenchida.

Virgem: Confere mais objetividade, porém no amor a introversão é reforçada.

Libra: Fica mais sociável e afetuoso, compreende e aceita as opiniões opostas as suas, é um ótimo amigo.

Escorpião: Maior poder de observação, pode resultar tanto numa personalidade equilibrada como tremendamente inescrupulosa.

Sagitário: Confere uma vida mais movimentada, com conflitos entre o desejo de liberdade e a aversão às mudanças.

Capricórnio: Reforça as qualidades do taurino, mas esfria seu calor afetivo e o torna pessimista.

Aquário: Imaginação e individualismo, desenvolve grande disposição física e principalmente mental.

Peixes: Maior sensibilidade às paixões extremas, indecisões no amor e grande bom senso.

gemimi

Gêmeos

21 de maio a 20 de junho (60º à 90º)

“Eu Penso”

Um bom papo, antes, durante e depois…

O signo de Gêmeos é o domicilio de Mercúrio e corresponde também ao exílio de Júpiter.

O planeta regente de Gêmeos tem por símbolo o capacete alado do deus Hermes, o mensageiro dos deuses; sua distância máxima do Sol é de 28 graus – simbolicamente, pode-se dizer que ele é o porta-voz da consciência (o Sol).

Mercúrio representa a inteligência, o aprendizado, os estudos, o alfabeto, a palavra, a comunicação, a codificação e decodificação de mensagens, a discussão, os rumores, os relatos, os livros, os jornais, a literatura, os mediadores intelectuais, jornalistas e escritores; a locomoção, a movimentação, as pequenas viagens, a respiração e o sistema nervoso.

Corresponde à segunda idade, até a adolescência, depois dos primeiros anos de vida governados pela Lua. Protetor do comércio, dos contratos e das negociações, Mercúrio sente-se em casa nesse signo de vivacidade e curiosidade.

Gêmeos proporciona ao planeta o terreno ideal para a reflexão desapaixonada, a especulação descomprometida, a exploração de várias alternativas.

Por isso mesmo, esse não é o melhor ambiente para Júpiter – planeta das causas que são abraçadas, das ideias defendidas com ardor, das convicções profundas.

Júpiter é um planeta de “ismos”; Gêmeos é o signo da ideia em si, do conceito puro, da montagem de muitos cenários possíveis para o desdobramento de ma mesma situação.

Onde Mercúrio-Gêmeos aponta vários caminhos, a flecha de Júpiter-Sagitário escolhe um deles e ali coloca sua lealdade.

Gêmeos – ao contrário do que muita gente pensa, um signo de pontualidade – vive junto com o tempo, tem um forte senso de ritmo, enquanto Júpiter, como sabemos, vive com um pé no presente e outro no futuro.

O aspecto masculino dominante neste signo, não se refere propriamente a imagem do pai ou mesmo da mãe, se esta desempenhar este papel, mas muito mais a dinâmica do relacionamento entre eles.

A ausência de atitudes que levam a resultados concretos, a necessidade de dar explicações são os aspectos mais fortes que esses nativos parecem absorver da convivência familiar e dar explicações é uma forma de interagir com o mundo é, portanto, uma postura de natureza masculina.

3º Eixo: Gêmeos – Sagitário: Expressivo e teatral, necessidade de expansão e de movimento, liberdade, circulação, intelectual, mental e conhecimento, diversidade, interesse por várias coisas, alegria, movimentação, idealismo e meio acadêmico.

Saúde: Gêmeos rege o sistema nervoso, o sistema respiratório, os pulmões, a traqueia, externo, vasos capilares, glândula timo, oxigenação do sangue, nervos dorsais, os braços, as mãos, o tato, dedos, ombros, clavícula, canais e condutores. Os geminianos tem que tomar cuidado com resfriados porque facilmente se transformam em bronquite. Bronquite, pneumonia, tuberculose pulmonar, doenças nervosas, fraturas de braços e mãos, asma, insônia e paranoia. São inquietos e vivem com os nervos a “flor da pele”. Recomenda-se o consumo de alface e couve-flor para combater a bronquite.

Profissão: jornalista, locutor de rádio (radialista), professor, secretária, balconista de loja, viajante comercial, motorista, tradutor, intérprete, escritor, telefonista, relações públicas, guia turístico, vendedor, editor, comerciante, cantor, artista, empresário, desenhista, arquiteto, publicitário, engenheiro, tudo o que for relacionado com comunicação e expressão. Mercúrio, o mensageiro dos deuses, lhe dá energia mental e intelectual para analisar todos os lados de qualquer questão, você é, sem dúvida, um grande diplomata.

Gêmeos com Ascendente em:

Áries: Maior impulso para conquistas profissionais e acentua uma certa tendência à infidelidade.

Touro: Neutraliza a insegurança geminiana, fica menos volúvel, dá mais firmeza e grandes dotes artísticos.

Gêmeos: Duplica tanto as qualidades como os defeitos.

Câncer: Aprende a se entregar melhor no amor e à fidelidade, dá contraste entre os temperamentos agitados e passivos.

Leão: Dá capacidade de liderança, exageros na ambição e o casamento é vital.

Virgem: Desenvolve o senso prático, aumenta a capacidade de organização e no amor se torna crítico e exigente.

Libra: Profissionalmente promete destaque, mas a vida afetiva tende a ser mais instável e sem grandes compromissos.

Escorpião: Diminui a superficialidade e a inconstância, mas pode se tornar exigente, desorganizado e autoconfiante.

Sagitário: Pode ser ingênuo e facilmente enganado, e ter um senso de responsabilidade plenamente desenvolvido.

Capricórnio: Tem mais perseverança, sua energia sexual se acentua e aprende a se relacionar de uma maneira mais madura.

Aquário: Extroversão, entendimento, mente aberta, paixões intensas ainda que passageiras.

Peixes: Maior inteligência, dons artísticos, capacidade de respeitar e valorizar mais as pessoas.

cancer

Câncer

21 de junho a 21 de julho (90º à 120º)

“Eu Sinto”

Um jeito meigo de curtir o amor…

Câncer é o signo onde domina a mãe, Júpiter está exaltado (como também Netuno, segundo alguns autores), Marte está em queda e Saturno tem o seu exílio.

A Lua é o “planeta” que rege as nossas ligações pessoais, no sentido mais amplo. A Lua nos dá maior ou menor capacidade de receber o “feedback” do ambiente em que vivemos – de perceber uma multiplicidade de mensagens, verbalizadas ou não, sobre nossa atuação.

Dessa forma, a Lua está em casa em Câncer, um signo cujo símbolo é uma imagem que se reflete, que se completa: o indivíduo não existe sozinho, mas é o que é porque está em contato com outras pessoas, faz parte de um contexto maior – a família, os amigos, a comunidade – onde tem um papel a desempenhar.

Câncer representa um processo de realimentação de energia, de troca entre o indivíduo e o ambiente em que vive.

Signo eminentemente político, Câncer é capaz de esperar o momento em que o meio ambiente está mais receptivo, pois sente o pulso da comunidade a que pertence e sabe perceber sua tendência geral, seus desejos e aspirações; é um intérprete dos sentimentos, emoções e dos anseios de um grupo, de uma nação.

Aí vemos uma ressonância com uma forte característica jupteriana – também Júpiter é um representante da lei, do costume, das normas estabelecidas e sabe igualmente captar tendências e rumos; da mesma forma que a Lua, sabe amoldar-se quando necessário.

Júpiter, como dissemos, é um planeta de “ismos”, ou seja, de lealdade – como também o são a Lua e Câncer. Por isso Júpiter tem em Câncer o signo de sua exaltação.

A combinação Lua-Júpiter é de acordo com Michel Gauquelin, a marca por excelência dos políticos. Já Saturno, que tem certa dificuldade em amoldar-se às situações, preferindo insistir por vezes em preceitos cristalizados e do seu ponto de vista, mais sólidos e seguros, não encontra seu melhor cenário no signo de Câncer.

Saturno é formal demais para este signo de informalismo, rígido demais para este signo de nuanças, disciplinado demais para este signo que, tantas vezes, segue a voz do coração.

Quanto a Marte, sua rudeza fere a qualidade pacifista Lua-Câncer, o planeta vermelho, direto e objetivo, não combina muito com os caminhos sinuosos que Câncer gosta de percorrer, ajustando sua estratégia, sempre que preciso, aos acidentes de percurso.

Netuno, por outro lado, encontra aqui um terreno propício, pois, como a Lua, está ligado à intuição e à imaginação, aos sonhos e fantasias, características fortes deste signo de tantos poetas e escritores.

Neste signo, o domínio total e absoluto da mãe. Isso não quer dizer que quem nasce sob o signo de Câncer ame mais a sua mãe do que o seu pai, o predomínio de um ou de outro modelo em sua formação não leva em consideração o amor, é antes de tudo um modo de compreender melhor a nós mesmos.

Quem nasce sob esse signo, vem ao mundo em um momento da maior importância para os personagens femininos da família. É como se essa pessoa fosse a “tábua de salvação” de sua mãe, como se ela viesse preencher um vazio, uma lacuna na existência dessa mãe.

4º Eixo: Câncer – Capricórnio: Ligados à família e coligados com o passado, profundamente emocionais, ambos são protetores. Capricórnio protege como um pai, cuida com responsabilidade, seria a representação da casa, enquanto que Câncer seria a representação do interior desta casa, protegendo como uma mãe, quem coloca no colo.

Saúde: Rege o estômago, os seios, o peito, as costelas, os líquidos do corpo, o tubo digestivo, a digestão, celulite, tendência de armazenamento de água no organismo, abdômen, inchaço nas pernas, flacidez, parte inferior dos pulmões, diafragma, pleura, pâncreas, baço, os lóbulos inferiores do fígado, esôfago, os processos químicos do organismo, a ação peristáltica do estômago, o útero, intestinos, circulação linfática, axilas. Os cancerianos tendem a se aborrecer e preocuparem-se mais do que as outras pessoas, ficando assim sujeitos a indigestões e úlceras, o que lhes dá a fama de portadores de saúde delicada. As glândulas mamárias também são atribuídas a Câncer, o signo do maternidade. Desregramento hormonal, retenção de líquidos, gânglios, epilepsia, disritmia, alcoolismo, edemas, sinusite, histeria, alucinações, gastrite, úlcera, catarro e problemas com insulina. Recomendam-se alimentos ricos em cálcio, como agrião e leite, para que evitem doenças na pele e dentição frágil.

Profissão: Enfermeiro, doméstica, professora (professor de história), trabalhar em museu (museólogo), marinheiro, advogado de família, nutricionista, vendedor de objetos de arte, antiquário, hoteleiro, arqueólogo, artista, pediatra, monitor de esporte náutico, escrivão, metroviário, pescador, guia turístico, agricultor, empresário, administrador e historiador.

Câncer Ascendente em:

Áries: Dá maior incentivo, energia, ambição, se torna menos emotivo e enxerga a vida com otimismo, mas não se livra das ocasionais depressões.

Touro: Fortalece o emocional, dá tendências à preguiça e aos prazeres momentâneos.

Gêmeos: Confere ambição e extroversão, no plano afetivo gera muitas contradições entre a vontade de se casar e a curiosidade sexual.

Câncer: Redobra as características, tenha cuidado com o excesso de infantilidade e melancolia.

Leão: Conflitos internos que são facilmente vencidos com a segurança e a energia positiva de Leão.

Virgem: Enxerga a vida com mais clareza e objetividade, aguça seu senso crítico e o amor natural à família.

Libra: Dá maior instabilidade e indecisão, é preciso fortalecer o caráter e não perder a integridade nas relações.

Escorpião: Aumenta os defeitos do canceriano, tende a se irritar facilmente, dá maior introversão, mas sua coragem aumenta.

Sagitário: Perfil contraditório, as vezes se fecha, outras vezes quer ser o centro das atenções, e aumenta o bom humor.

Capricórnio: Dá mais segurança e maior poder de decisão, afetividade bem equilibrada e repressão pelos valores tradicionais.

Aquário: Ganha um toque de audácia e receptividade para ideias novas, confere um bom astral.

Peixes: Acentua o caos interior do canceriano, falta de energia e positividade, e confere um grande talento artístico.

leo

Leão

22 de julho a 22 de agosto (120º à 150º)

“Eu Sou” – “Eu Quero”

Um líder até na hora de amar…

O signo de Leão é o domínio do Sol; ali Saturno e Urano tem seu exílio e Plutão está exaltado; segundo alguns autores, é também o signo de queda de Mercúrio.

Ao Sol, centro do sistema solar, é atribuída, na astrologia tradicional, a fase da vida correspondente à maioridade, ao início da idade adulta. É o período em que desabrocham plenamente as ambições pessoais, em que se firma o conceito de autorrealização; a identidade já deve ter um centro próprio, deixando para um segundo plano a fase em que a pessoa absorve informações, conceitos e crenças de seu ambiente e passa a manifestá-los através de sua vida.

O Sol está relacionado com a consciência, a vontade, a autoridade, as pessoas de destaque, o sucesso, o outro, e sente-se à vontade neste signo de afirmação, de individualização, de realização. Vale a pena fazer aqui uma pequena digressão para esclarecer um aspecto muitas vezes mal compreendido da astrologia: o Sol, em astrologia, tem uma forte correspondência com “vontade” e “realização pessoal”.

Mas isso não significa que vontade e realização pessoal só estejam presentes neste signo – se assim fosse, os que nasceram em Libra ou Aquário, por exemplo, onde o Sol está em exílio e queda, estariam condenados a uma vida de insignificância. A observação mais superficial se encarrega de demonstrar que tal hipótese está bem longe da verdade.

A regência de Leão pelo Sol significa que este signo é o que melhor corresponde à manifestação mais característica, natural, sem esforço, da vontade pessoal, do desejo de ocupar espaços, de fazer as coisas com sucesso.

Leão é um signo de administração e organização; porque então Saturno, que também prima por estas características, está mal colocado aqui?

Saturno e Leão agem de formas diferentes, mesmo que o objetivo visado seja igual. Onde Saturno é discreto e reservado, Leão é expansivo e extrovertido; onde Leão é impaciente, Saturno conta com o tempo. Saturno respeita a estrutura vigente, e sob este aspecto é igual a Leão – a diferença é que, ao contrário das regras de Saturno, as de Leão talvez tenham sido recém-inventadas, por ele mesmo, logicamente.

É claro por que esse não pode ser o terreno mais propício para Urano, fortemente associado ao século das luzes, ao predomínio da razão – pois nem sempre o que queremos coincide com que a razão nos sugere!

Este também é o motivo por que Mercúrio, planeta de raciocínio e frieza, está longe de casa em Leão, signo de paixões e arrebatamentos.

Quem nasce sob esse signo, encontra a evidente prevalência de um ambiente masculino, em que o personagem paterno é mais do que uma pessoa, é um mito, um verdadeiro rei. Neste caso, deve-se considerar que um filho de um rei é um príncipe ou uma princesa, para quem é negado o lado menos nobre da vida, e de quem é exigida uma conduta impecável e superior, evidentemente, isso tem o seu lado positivo, pois quem sente sobre os ombros este tipo de exigência tem grandes chances de se tornar uma pessoa bem sucedida.

5º Eixo: Leão – Aquário: Individualidade e criação, ambos têm necessidade de estar em evidência, é o clássico e o moderno, o presidente e o do contra, o ditador e o rebelde.

Saúde: Rege o plexo cardíaco, o coração, o sistema circulatório, artérias, aorta e pulmonar, veias cavas superior e inferior, coronárias, região dorsal da espinha (dorso), cordão espinal, medula espinhal, vértebras dorsais e a coluna vertebral, baço, vesícula biliar, problemas hepáticos, cérebro, olhos e pulso. Os leoninos devem ser moderados na meia idade, ou ficarão sujeitos a um ataque cardíaco. Doenças do coração, palpitações, síncope, febres, aneurismas, angina, desidratação, paranoia, megalomania. Recomenda-se o consumo de ameixas, ervilhas e laranjas para evitar a tensão cardíaca.

Profissão: Ator, atriz, dançarina, astrólogo, decorador, executivo, embaixador, chefe de partido político, professor, esteticista, comerciante de artigos de luxo, escritor, porta-voz, radialista, construtor civil, chefe de cozinha, industrial, joalheiro ou qualquer função em que tenha a oportunidade de se exibir.

Leão com Ascendente em:

Áries: Dá maior força de vontade e simpatia, mas acentua a arrogância e a agressividade.

Touro: Confere maior capacidade profissional e mais realismo na vida.

Gêmeos: Torna-se uma pessoa inquieta e pouco superficial, reforça as capacidades intelectuais, o senso de humor e originalidade.

Câncer: Aumenta a intuição e dá tendência a grandes oscilações de humor, deseja a realização profissional e afetiva.

Leão: Duplica as qualidades e os defeitos do signo, a ambição e a capacidade artística é a tônica desta personalidade.

Virgem: Ajuda Leão a pensar de maneira menos passional e inflamada, e aumenta a crítica no amor.

Libra: Dá maior harmonia interior, ajuda a ter muitos amigos e confere competitividade no amor.

Escorpião: Combinação explosiva, afirmação do temperamento e admiração pela brilhante inteligência.

Sagitário: Redobra a impulsividade, confere cautela no amor escolhendo seu companheiro de forma objetiva e racional.

Capricórnio: Redobra a capacidade profissional e a paciência para atingir seus objetivos mesmo no amor.

Aquário: Personalidade fascinante e casamento por exigência social.

Peixes: Aumento da intuição e criatividade, relacionamentos complicados devido ao seu exagerado romantismo.

virgo

Virgem

23 de agosto a 22 de setembro (150º à 180º)

“Eu Analiso”

O charme de uma excitante timidez…

Virgem é o signo onde Mercúrio tem seu domicílio e segundo alguns astrólogos, também sua exaltação (outros consideram que este planeta se exalta em Aquário).

Júpiter e Netuno estão exilados em Virgem, que corresponde também à queda de Vênus. Mercúrio-Hermes, planeta de comunicação, do estudo e do raciocínio tem como seus territórios os signos de Gêmeos e Virgem.

Mas ele não é exatamente igual em suas duas casas; Virgem é o último signo da metade individual do zodíaco e representa, depois da consciência em Áries, da experiência em Touro, do conhecimento em Gêmeos, da consolidação da personalidade em Câncer e da ambição em Leão, o ser já formado, colocando em prática tudo o que é no terreno concreto, real, palpável, da vida do dia-a-dia.

Virgem é um dos signos do elemento Terra. Aqui, Mercúrio voa e especula, reflete e analisa, sem afastar-se muito do que os olhos mostram que existe, do que está dentro do campo de visão de cada um.

Nenhum detalhe da realidade lhe escapa nem os bons nem os maus aspectos; percebe as mais ínfimas peças de uma engrenagem, dono de um talento inato para apontar o mecanismo defeituoso e atinar com a solução do problema.

O tempo parece viver em Virgem uma curiosa dança onde trocam de lugar seus três momentos, presente, passado e futuro. O passado contém a experiência; é, portanto, um dado valioso.

O presente deve ser aprimorado – e essa tarefa, às vezes levada a extremos, podem fazer com que os ponteiros do relógio corram mais que o diligente Mercúrio-Virgem, assim, o presente transforma-se em passado antes de plenamente vivido. E o futuro torna-se presente antes de totalmente preparado.

Mercúrio-Virgem antevê no futuro, domínio de Júpiter – que inclusive por isso não tem aqui sua melhor colocação – a possível repetição de armadilhas já vividas ou o possível surgimento de armadilhas suspeitadas.

Vênus, planeta do amor, da relação afetiva, da troca harmoniosa entre duas pessoas, pode viver extremos neste signo da razão que sabe, melhor do que ninguém, que o coração tem razões que a própria razão desconhece.

Os nativos deste signo chegam ao mundo num ambiente dominado pela crítica. É como se no momento do seu nascimento, sua mãe não estivesse preparada para ter um filho, não que não o desejasse, mas talvez não tivesse maturidade suficiente para tanto.

A frustração que se origina neste tipo de situação tende a ser projetada na pai, no aspecto masculino da vida, principalmente através de críticas quanto à sua competência, quanto ao fato de não se poder contar com o homem no momento em que ele é mais necessário.

Assim a criança acaba dimensionando o mãe interior como uma figura forte e dominante, que o protege e sabe fazer tudo, enquanto que o pai é alguém com que não se pode contar.

6º Eixo: Virgem – Peixes: Servir, pureza, simplicidade, prestação de serviços, manias, rituais, é o eixo musical. O excesso de organização gera confusão. Ambos veem o que os outros não veem. Virgem tem prestabilidade técnica, prática. Enquanto Peixes é prestativo no lado emocional, tem organização emocional e espiritual.

Saúde: Virgem rege o sistema nervoso, os intestinos: grosso e delgado, região abdominal, plexo solar, os músculos, apêndice, baço, cólon, duodeno, aparelho digestivo, umbigo, o quilo, peristaltismo intestinal, ovários, sistema vago-simpático e as mãos. Os virginianos apresentam as mesmas indisposições estomacais e intestinais dos cancerianos. Tendem a ser nervosos e também não se alimentam com uma dieta balanceada. Constipação, vermes, diarreia, apendicite, tifo, problemas de alimentação, mania de remédios, hipocondria, cólicas. Recomenda-se o consumo de limão para diminuir a caspa e as erupções na pele.

Profissão: Bancário, assistente social, serralheiro, mecânico, relojoeiro, engenheiro, comerciante, arquiteto, economista, secretária, jardineiro, contador, professor, artesão, editor, médico, oculista, enfermeiro, veterinário, farmacêutico ou qualquer atividade ligada à saúde.

Virgem com Ascendente em:

Áries: Vive de maneira menos metódica e busca um parceiro perfeito sem abrir mão das aventuras amorosas.

Touro: Promove ternura nos sentimentos, dá senso prático no trabalho e aumenta o desejo de afirmação social.

Gêmeos: Fortalece a inteligência, a capacidade crítica e dá maior extroversão no plano social.

Câncer: Confere mais sensibilidade, reserva e senso crítico, principalmente no amor.

Leão: Aumenta a extroversão, a inteligência e a capacidade de sucesso profissional.

Virgem: Redobra as características, aumenta a frieza no amor e torna-se mais calculista.

Libra: Personalidade simpática e atraente, suaviza sua rigidez, aumenta sua delicadeza e afetividade.

Escorpião: Aumenta o ciúme, a avaliação crítica e lhe garante uma gratificante vida profissional.

Sagitário: Dá oscilações entre seu pessimismo e seu otimismo, sendo otimista garante sucesso profissional e social.

Capricórnio: Assimilação do caráter melancólico, prudente, paciencioso e perseverança, mas desconfiança no amor.

Aquário: Maior abertura à vida e às pessoas, um casamento cheio de amizades.

Peixes: Confere solidariedade e meiguice, conceitos pessoais gerados pela emotividade.

libra

Libra

23 de setembro a 22 de outubro (180º à 210º)

“Eu Amo” – “Eu Equilibro”

Sem limites para a paixão…

Libra, o sétimo signo do zodíaco, representa uma combinação dos seguintes fatores: domínio de Vênus, exaltação de Saturno, queda do Sol e exílio de Marte.

Libra é o único signo do zodíaco não representado por um ser vivo – seu símbolo é uma balança – coisa a primeira vista estranha, tratando-se do signo regido por Vênus, a deusa do amor e dos relacionamentos!

Mas a escolha desse símbolo se explica: a balança tem dois pratos, e a posição de cada um deles é sempre definida em relação à posição do outro. Quando um dos pratos está mais pesado e, portanto, desce o outro inevitavelmente sobe.

E o que é o relacionamento, se não a união de duas partes cuja identidade é sempre tomada por referência à outra? Alguém pode ser homem – esta condição tem um significado completo em si mesmo. Mas ser marido só faz sentido se houver o outro prato da balança – a mulher!

Vênus, em seu domínio de Libra, não é idêntica a Vênus-Touro. Em Libra, este planeta revela muito mais a característica que fez de Ishtar, deusa dos babilônios correspondente à nossa Vênus, simultaneamente uma divindade do amor e da guerra.

Toda relação entre pessoas é, para Vênus-Libra, uma cooperação, um jogo e uma guerra. Em Libra, Vênus é mais propensa à mudança do que em Touro; em Libra os movimentos são mais ágeis, adaptados constantemente à reação do outro, como as jogadas num tabuleiro de damas.

Aqui é quase tão grande a consciência do outro como a consciência de si mesmo – nós jogamos, porque eu jogo, você joga. Em busca de equanimidade faz com que esse signo não represente o melhor terreno para a manifestação do Sol – que se derrama, se espalha, às vezes invadindo o espaço alheio.

Já Saturno, para quem “limites” é uma palavra chave, tem em Libra o signo de sua exaltação. O objetivo é deixar os pratos da balança da mesma altura, cada qual se disciplinando o suficiente para atingir o difícil equilíbrio. Em Libra vem à tona uma faceta de Saturno: a consequência.

Uma jogada gera a jogada seguinte do parceiro/adversário, pois amor com amor se paga. Por que, então, o exílio de Marte em Libra, se esse signo também tem embutido um traço de competitividade e confrontação?

É que Marte é o planeta da iniciativa, capaz de sozinho abrir seus caminhos, desdenhando muitas vezes a ajuda alheia, enquanto Libra atinge seus melhores resultados pela via da cooperação.

O ambiente dominado pelo aspecto masculino dos pais, isto é, pela necessidade de cada um deles assumir seu próprio papel no mundo, pode ser interpretado por quem nasce sob esse signo como um tipo de conflito entre pai e mãe.

1º Eixo: Áries – Libra: Missão diplomática, agressividade, relacionamento, o parâmetro dos dois é sempre o outro, ambos tem necessidade de conquista, Áries conquista brigando, é sempre “pra já”, e Libra conquista conversando, “deixa disso”.

Saúde: Libra governa os rins, a bexiga, ureter, sistema vaso motor, útero, ovários, umbigo, pele, região sacro lombar, glândulas seminais e renais, pâncreas, vértebras lombares, quadris, nádegas, coluna vertebral e a circulação venosa. Qualquer alteração no modo de vida do libriano resulta de imediato em sérios distúrbios renais. Recomenda-se o consumo de morangos, pois estes ajudam a manter a balança entre os ácidos e os fluídos normais do corpo.

Profissão: Esteticista, cabeleireira, assistente social, pintor, recepcionista, vendedor de objetos de arte, avaliador, relações públicas, radialista, músico, desenhista, maquiador, decorador, florista, jornalista, escritor, ecologista, modista, analista de sistemas, guia turístico, filósofo, sociólogo, sindicalista e modelo fotográfico.

Libra com Ascendente em:

Áries: Conflitos entre estar só e de relacionar-se, confere maior simpatia e otimismo, decidido e dinâmico, mas enjoa fácil de tudo, seja mais responsável.

Touro: Profundo amor pela beleza orientando uma vida mais positiva e harmoniosa, reforça o talento artístico e torna-se amoroso e gentil, é um ótimo amigo.

Gêmeos: Confere insegurança e indecisão, grande capacidade de comunicação e inteligência, estando sempre rodeado de grandes amigos.

Câncer: Confere indecisão, timidez, busca o apoio nos outros, desperta o seu lado aventureiro para superar-se.

Leão: Maior vitalidade, extroversão e segurança, inconstância nos relacionamentos e exibicionismo.

Virgem: Poder de decisão, pensamentos mais racionais, sucesso profissional, mania de perfeccionismo e não admite falhas.

Libra: Redobra as características, no amor se torna mais egoísta, passional e possessivo, é cheio de amigos, espontâneo e alegre.

Escorpião: Aumenta a segurança pessoal e a introversão, dá otimismo, alto astral e positivismo.

Sagitário: Aumenta os dons artísticos e intelectuais, pessoa comunicativa, cheia de vida, de aventuras e sonhos.

Capricórnio: Aumenta o espírito prático, a força de vontade, a determinação, a segurança, a responsabilidade, dá valor às coisas, garante o sucesso profissional, é um vencedor.

Aquário: No amor a inconstância é duplicada, entrega-se a fantasias, e quer resolver os problemas dos amigos e do mundo.

Peixes: Aumenta a insegurança, aprofunda os sentimentos espirituais e intelectuais, fica mais sensível e romântico, está sempre precisando de amor e carinho, e chora à toa.

scorpio

Escorpião

23 de outubro a 21 de novembro (210º à 240º)

“Eu Controlo” – “Eu Desejo”

Um infalível poder de sedução. O signo de Escorpião é a combinação dos seguintes fatores: regência de Plutão em Marte, exílio de Vênus, queda da Lua e segundo alguns astrólogos, exaltação de Urano.

Escorpião é dos signos que têm um regente antigo ou tradicional (no caso, Marte) e outro moderno (no caso, Plutão). Até 1930, data da descoberta de Plutão, o signo era considerado o domicílio noturno de Marte.

O exame dos acontecimentos mundiais e das tendências mais acentuadas do período concomitante ou próximo à descoberta do novo planeta credenciaram-no como regente de Escorpião, por serem semelhantes à natureza do signo.

O ano de 1930 está no intervalo entre duas guerras mundiais – não que a guerra fosse uma novidade da existência do homem, aqui, porém, chegou a lidar com uma força de destruição jamais antes suspeitada.

Ao mesmo tempo em que dominava o poder de aniquilar, a humanidade começou a dominar cada vez mais a ciência e as técnicas de reconstrução, da reabilitação, possibilitando o prolongamento do período de vida do ser humano, através de cirurgias e implantes de órgãos e do extraordinário desenvolvimento da genética.

Houve também uma grande difusão do controle de natalidade e de novas técnicas anticoncepcionais.

Todos esses acontecimentos tem um substrato comum – o tema vida/morte, destruição/recriação, fortemente associado ao signo de Escorpião.

Marte, planeta de autoafirmação, conserva suas prerrogativas de regente neste signo de emoções intensas, determinado e firme.

Urano se exalta em Escorpião; como Plutão, caracteriza-se pelo radicalismo, pela queda de tabus, pelo avanço até as últimas consequências, nem sempre escolhendo os caminhos mais suaves.

Já a Lua e Vênus, astros das ligações entre as pessoas, de convívio, de busca do outro, encontram em Escorpião um terreno acidentado.

Aqui, o ciúme é capaz de asfixiar a confiança, fundamental para a relação bem sucedida; a reserva e o ressentimento podem inibir o contato. Hábeis na conciliação e na adaptação, a Lua e Vênus estão longe de casa neste signo do tudo ou nada.

Aqui está um dos mais notáveis casos de predominância do personagem feminino na formação da personalidade. A figura materna é de tal força e intensidade que acaba dominando a maioria das experiências existenciais de quem nasce nesse signo.

Pode se conjeturar que, durante os primeiros anos de vida dessa pessoa, incluindo-se a fase anterior ao nascimento, a mãe tenha vivido algum tipo de perda, seja de uma pessoa querida, seja de um sonho ou fantasia.

Existem três tipos de Escorpião:

Tipo A: “comum ou típico”, realismo sádico, prevalência da impulsividade sobre a inibição. Neste caso podemos ter uma disposição individualista, rebelde, indisciplinada, refratária aos costumes sociais, etc. Firmeza, coerência de atitudes e constância moral, é um tipo criador.

Tipo B: “incomum”, tipo virgem, idealismo masoquista, prevalência da inibição sobre a impulsividade, ou seja, bloqueio da vida instintiva. Natureza disciplinada, ordenada, pontual, ligada aos princípios, a formalidade, mais crítico do que criador.

Tipo C: “ambivalente”, neste caso, alternância ou coexistência dos tipos anteriores, por exemplo: fisicamente limpo-sujeira moral; crítico-criador; ordenado-desordenado; coexistência ou alternância da impulsividade ou inibição.

2º Eixo: Touro – Escorpião: Posse, desejo, poder, controle, necessidade de segurança, necessidade de autocontrole, instinto de sobrevivência; Escorpião – dificuldade de lidar com a perda, excesso de estratégia; Touro – é na puberdade que há uma transformação na voz.

Saúde: Os órgãos genitais (masculinos e femininos), bexiga, vias urinárias e todo o sistema urinário, próstata, uretra, ânus, reto, matéria corante do sangue, nariz, cólon descendente, cóccix, glândulas endócrinas, ovários, testículos, e tem tendência a intoxicações. Qualquer repressão de energia sexual pode provocar atitudes desagradáveis. Eles não resistem a alimentos fortes demais devem, portanto, comerem ameixas secas.

Profissão: psicólogo, detetive, policial, químico, médico, açougueiro, empresário, psiquiatra, esotérico, veterinário, agente funerário, biólogo, grafólogo, pesquisador, antiquário, executivo, criminalista, médico legista, especialista em comércio de armas, produtor de cinema, político, administrador, perfumista e todas as atividades que necessitam de alto grau de concentração.

Escorpião com Ascendente em:

Áries: Dá extroversão, mais energia sexual e pode se tornar dominador, a impulsividade pode gerar insegurança e decepções para si mesmo.

Touro: Aumenta a preguiça, no amor expressa seus sentimentos com menos receio de ficar vulnerável, muita energia e autoconfiança.

Gêmeos: Capacidade intelectual redobrada, vida amorosa um tanto volúvel, dedicação extrema no que faz e carisma.

Câncer: Pessoa mais amorosa, variações de humor, supersensibilidade, vive sonhando acordado.

Leão: Pessoa muito autocentrada, ambiciosa e autoritária, grande intuição e capacidade de liderança.

Virgem: Maior equilíbrio, objetividade bem desenvolvida, tendência a analisar tudo com mais firmeza e decisão, pesará sempre os dois lados da situação.

Libra: Magnetismo pessoal, maior sociabilidade, amor sincero, reforço do lado artístico, sensibilidade e requinte.

Escorpião: Redobra as características, personalidade honesta e positiva, ou vingativa e egocêntrica, grande sensibilidade e intuição.

Sagitário: Maior alegria, afetividade, grande sede de prestígio profissional e social, objetividade e praticidade, tendência a aventurar-se nos mais secretos desejos.

Capricórnio: Maior introversão e ambição, sexualidade mais controlada e capacidade de justiça, seriedade e responsabilidade.

Aquário: Personalidade mais atraente e sociável, excelente no amor, confusão e indecisão devido a atração por muitas coisas novas da vida.

Peixes: Maior flexibilidade e idealismo, conflitos por excesso de ilusões, misticismo, sensibilidade e intuição.

sagitarius

Sagitário

22 de novembro a 21 de dezembro (240º à 270º)

“Eu Aspiro” – “Eu Observo”

Liberdade, o seu maior estímulo…

Sagitário, o nono signo do zodíaco é o domicílio do planeta Júpiter e o exílio de Mercúrio – portanto, exatamente o contrário de Gêmeos.

A Júpiter estão associados a lei, os advogados, os juízes, os ministros, a religião, os sacerdotes, os médicos, os profissionais liberais em geral, a burguesia; o exterior, tudo que está além do meio ambiente imediato, as grandes viagens; a expansão, o crescimento, a busca de novos horizontes e também a inflação a megalomania e o exagero.

Júpiter-Zeus é o rei do Olimpo, o deus supremo do panteão grego, suas armas são o raio e o trovão; grande são suas iras e suas paixões.

Na astrologia tradicional, o período que lhe corresponde é a meia idade.

O exílio de Mercúrio (inteligência, comunicação, raciocínio) em Sagitário nada tem a ver com maior ou menor inteligência, e sim com a forma de organizar o raciocínio.

Júpiter representa a síntese onde Mercúrio faz a análise. No signo de Júpiter, Mercúrio está em exílio, pois ao rei do Olimpo escapam os detalhes; tentando ver o todo, tropeça nas minúcias; visando o amanhã, um incorrigível otimista, deixa de levar em conta dados mais concretos e atuais, capazes de frustrar seus planos.

E planos: Júpiter tem muitos. Júpiter-Sagitário corresponde à planificação, ao que Mercúrio antepõe a programação. Júpiter vive em função do futuro, Mercúrio vive em função do tempo.

O planeta também partilha com Netuno o domínio de Peixes, como seu regente antigo ou tradicional. Sagitário e Peixes são dois signos muitas vezes dispersivos – Júpiter representa multiplicidade – e que revelam um acentuado senso de oportunidade.

Júpiter é um planeta voltado para o convívio, a inserção no grupo, o acompanhamento das tendências predominantes; assim se explica sua exaltação no signo de Câncer, que apresenta estas mesmas características.

De acordo com as pesquisas de Michel Gauquelin, Júpiter é forte no mapa natal de atores, sendo também marcante a combinação Marte – Júpiter no mapa de militares e a dupla Lua-Júpiter no mapa de políticos.

O modelo paterno é totalmente predominante na formação da personalidade desse signo. E trata-se de um modelo tão forte que raramente ele encontra na vida alguém que de fato esteja à altura de corresponder ao pai.

Por isso esse pai interior, dos sagitarianos tende a ser uma espécie de mito, uma fantasia: é um filósofo, um sábio, um peregrino aventureiro, um homem que sabe todas as verdades.

Existem dois tipos de sagitarianos:

Tipo A: “cavalo amestrado”, predominância do úmido, tipo humano, adaptável, tendência para o conformismo confortável em que assimila facilmente boas maneiras os usos e costumes estabelecidos. Acredita na legalidade, na ordem e nas convenções, tem natureza expansiva, eufórica, entusiástica, diplomática, moralmente reta, honrosa, amorosa, etc.

Tipo B: “cavalo selvagem”, muito seco no mapa, tipo animal, inadaptável, tendência para a independência selvagem e para a revolta, natureza instintiva que se rebela contra os costumes de seu meio, comportando-se como um inadaptável, grande necessidade de emancipação, impulsividade, audácia, paixões ardentes, etc.

3º Eixo: Gêmeos – Sagitário: Expressivo e teatral, necessidade de expansão e de movimento, liberdade, circulação, intelectual, mental e conhecimento, diversidade, interesse por várias coisas, alegria, movimentação, idealismo e meio acadêmico.

Saúde: O fígado, o nervo ciático, o baço, os quadris, tronco, região sacra, músculos, fêmur, esquio, artérias ilíacas, aparelho locomotor, veias, vértebras dorsais, virilha, circulação arterial, nádegas e as coxas. Os sagitarianos tem muita probabilidade de ter diabetes. Sendo pessoas ativas por natureza, ficam apáticos caso não se permitam uma quantidade considerável de atividade física e mental e aumentam de peso, essa gordura acumula-se nos quadris e coxas, principalmente nas mulheres. Recomenda-se o consumo de aspargos e pepino, ricos em silício, que são bons para a pele e o cabelo.

Profissão: Professor, professor universitário, pois representa o “mestre”, advogado, agente de viagens, agenciador turístico, esportista, músico, editor, joqueta, pesquisador, veterinário, trabalhar com livros, juiz, legislador, jornalista, agrônomo, guarda florestal, ecologista, ginasta, criador de cavalos, empresário, aviador, consultor, filosófico, homeopata e publicitário. Todas as profissões liberais.

Sagitário com Ascendente em:

Áries: Grande energia mental e física, vida sexual ativada, menos ingenuidade.

Touro: Pessoa mais amorosa e sensual, divertida, consciente e responsável.

Gêmeos: Inquietações, agitações e indecisões, muita imaginação no amor.

Câncer: Maior controle da excessiva extroversão, maior atenção ao interior, crises de depressão.

Leão: Maior popularidade, combinação favorável à vida social do que à afetiva.

Virgem: Menos impetuosidade e mais racionalidade, criatividade, organização e praticidade.

Libra: Atitudes mais equilibradas, charme e magnetismo mais acentuados.

Escorpião: Maior ousadia, no amor varia entre os extremos da introversão e extroversão, sendo assim, pouco compreendido.

Sagitário: Redobra as características sendo maravilhoso ou desastroso, otimismo e simpatia realçados.

Capricórnio: Maior perseverança na vida, sendo um vencedor, aumento da melancolia.

Aquário: Mais otimismo, grande necessidade de liberdade, desapego de valores tradicionais.

Peixes: Conflitos interiores, necessidade de grande força interior para não experienciar depressões.

caprica

Capricórnio

22 de dezembro a 20 de janeiro (270º à 300º)

“Eu Construo” – “Eu Realizo”

Um amante surpreendente!

Saturno é o planeta regente de Capricórnio. Neste signo, Marte tem a sua exaltação, Júpiter e Netuno estão em queda e a Lua está em exílio.

Corresponde a décima casa do horóscopo que representa a carreira e a posição ocupada na sociedade, Capricórnio é o governo, o regime estabelecido, o conjunto de normas que definem o campo de autuação, quais os limites a respeitar, até onde se pode ir – exatamente como Saturno representava, na antiga visão do mundo, a fronteira entre os planetas e a esfera das “estrelas fixas”.

No corpo humano, são atribuídos a Saturno a pele e o esqueleto, ou seja, aquilo que dá forma e define a estrutura do corpo. A idade de Saturno, segundo a astrologia tradicional, começa aos 55 anos: ele é o planeta da velhice, da sabedoria e da reflexão.

Os estudos estatísticos mostram a presença forte de Saturno no mapa astral de sábios – personalidades cujo o sucesso se deveu a características tradicionalmente associadas ao planeta: reserva, cautela, minúcia, paciência, sangue frio, tenacidade e escrupulosidade. Esses estudos revelam também a presença forte da dupla Marte-Saturno no mapa de médicos.

Marte está à vontade no signo de Saturno (embora a recíproca não seja verdadeira – ver o signo de Áries). Marte representa o impulso, a força, a combatividade, a capacidade de resolver problemas; em Capricórnio a energia do planeta é mais constante, mais resistente, tem fôlego, como tudo nesse signo.

Já a Lua – a resposta espontânea, a sensibilidade, a intuição – está em exílio em Capricórnio, que privilegia a ponderação o autocontrole e a contenção.

Júpiter que se sente bem no signo da Lua, sofre no de Saturno; é o choque entre extroversão e introversão, expansão e contração, otimismo e realismo.

Nos tempos antigos, Saturno era considerado uma influência maléfica, associada ao fracasso, à queda e à fatalidade. Mas vale a pena recordar o mito: depois de destronado por seu filho Júpiter, Saturno refugiou-se na Itália que, graças ao seu sábio governo conheceu um período de inigualada prosperidade, conhecido como a Idade do Ouro.

A mãe interior é um personagem determinante em sua vida, dimensionado como uma pessoa ambiciosa e determinada, que sempre soube o que queria, mas que, não ter conseguido realizar-se, por alguma impossibilidade circunstancial, acabou projetando seus anseios na figura do filho ou da filha.

Assim quem nasce sob esse signo se vê diante da necessidade de cumprir esse papel, vencendo na vida. Aliás, esse modelo materno mostra muitas vezes, que se entregar aos sentimentos é um sintoma de fraqueza e representa o risco de vir a fracassar em suas iniciativas.

4º Eixo: Câncer – Capricórnio: Ligados à família e coligados com o passado, profundamente emocionais, ambos são protetores. Capricórnio protege como um pai, cuida com responsabilidade, seria a representação da casa, enquanto que Câncer seria a representação do interior desta casa, protegendo como uma mãe, quem coloca no colo.

Saúde: A estrutura do corpo, o esqueleto, os ossos, o joelho, tendões, cartilagens, pele, unhas, cabelo, baço, juntas, articulações e os dentes. São comuns os problemas ortopédicos e dentários, bem como o reumatismo. Recomenda-se o consumo do repolho e da couve, pois combatem o reumatismo.

Profissão: funcionário público, matemático, professor, secretário, bancário, gerente de loja, engenheiro, comerciário, pecuarista, mineralogista, garimpeiro, bibliotecário, arqueólogo, contador, oftalmologista, ortopedista, encanador, fazendeiro, apicultor, mecânico, geofísico, construtor civil e sapateiro.

Capricórnio com Ascendente em:

Áries: Alcanço dos objetivos com rapidez, graças a maior concentração de impulsos de ação.

Touro: Fica mais solto e afetuoso no amor, ganha um grande poder de decisão e consciência do próprio valor.

Gêmeos: Temperamento mais aberto e criativo, grande capacidade intelectual.

Câncer: Sentimentos mais intensos, a vida segue os caminhos da intuição.

Leão: Maior vazão às suas opiniões, grande desgaste por uma busca exagerada de sucesso.

Virgem: Frieza nos sentimentos, vida profissional excelente.

Libra: Vida instável e emotiva, no amor há maior e melhor entrega.

Escorpião: Maior autoestima, mais desconfiança, não consegue exteriorizar suas qualidades.

Sagitário: Não existem dificuldades, não mede esforços para ajudar o próximo, é honesto, tem espírito elevado e adora a natureza.

Capricórnio: Redobradas as características, é a personalidade mais perseverante do zodíaco, introversão exagerada.

Aquário: Maior aceitação de ideias progressistas pela troca de valores tradicionais, senso de coerência.

Peixes: Pode ter um grande medo do futuro, choques internos pela instabilidade emocional de Peixes e a determinação de Capricórnio.

aquarius

Aquário

21 de janeiro a 19 de fevereiro (300º à 330º)

“Eu Sei”

Sempre diferente, sempre melhor…

Urano, planeta descoberto em 1781, é o regente moderno de Aquário. O signo, entretanto, não é a mesma coisa que o planeta, e sim uma combinação dos seguintes fatores: domicílio de Urano e Saturno, exílio do Sol, e segundo alguns autores, queda de Plutão e exaltação de Mercúrio.

A descoberta de novos planetas no sistema solar é um bom exemplo da forma como funciona o raciocínio astrológico. Examinando o que estava ocorrendo no mundo na época em que tomamos conhecimento da existência do planeta, determinamos quais são suas associações, o que ele “rege”.

Por ser dificilmente visível a olho nu, Urano se tornou conhecido para a humanidade quando já se dispunha de telescópios para esquadrinhar o céu. O telescópio e muitos outros avanços tecnológicos são uma característica dessa época, do que ficou conhecido como a Revolução Industrial. Aí temos, portanto, uma associação de Urano: a tecnologia, o avanço, a máquina a serviço do homem numa sucessão de melhorias e aprimoramentos.

Esta foi também uma época de desregulamentação, quando as sociedades ocidentais eliminaram a extrema estratificação do feudalismo e ingressaram na economia de mercado. Da perspectiva política, a Revolução Francesa aparece como o símbolo deste período. Uma segunda associação de Urano: liberdade, igualdade e fraternidade. O culto da razão, a disseminação do saber – o século de Urano é o “Século das Luzes” – a defesa dos direitos e das liberdades do cidadão também fazem parte das associações de Urano.

Esta rápida pincelada de um período histórico, entretanto, não dá a dimensão exata do signo pacífico, humano, harmonizador que é Aquário. Isso porque, além de Urano, o signo também é regido por Saturno, um planeta de contenção e despojamento, que contrabalança e estrutura os traços mais explosivos do sétimo planeta do sistema solar.

Mercúrio, planeta da comunicação, sente-se à vontade em Aquário, signo de lucidez e transparência. Quanto ao Sol, seu exílio no signo de Aquário não deve ser mal interpretado. O Sol é considerado como a consciência, a individualidade que brilha, a defesa do próprio interesse. Em exílio no signo de Aquário, o Sol de cada personalidade aquariana continua brilhando, porém de uma forma que respeita o brilho de todos os outros sóis de todas as outras personalidades.

Quem é desse signo vive uma situação singular no que diz respeito a seus modelos interiores de pai e mãe. A prevalência paterna é forte, mas ao mesmo tempo a como que uma ausência do personagem masculino na vida dessa pessoa. É como se o pai fosse extremamente importante, mas a tivesse abandonado em algum momento da vida. Ou então que esse pai fosse egoísta, preocupado com ele mesmo ou com os problemas do mundo, sem tempo para dedicar afeto ao filho ou a filha.

Justamente por causa deste modelo forte e ausente, ao mesmo tempo, a pessoa desse signo se propõe a buscar o contato exterior, ou seja, masculino, com particular veemência. É por isso que é normalmente uma pessoa tão sociável, tão participante, tão ativa. Tudo numa tentativa de descobrir a realidade que é esse pai, com seus defeitos e virtudes.

Existem dois tipos:

Tipo A: “Tipo sabedoria”, Saturno forte, emoção fixa, disposição para viver acima das coisas, às vezes um pouco distante da realidade, numa atitude coadunante com seu idealismo, a margem das necessidades instintivas num mundo feito de sensações, que revelam uma natureza extra pessoal e pouco prática.

Tipo B: “Tipo aventura”, Urano dominante, disposição para viver como se a existência fosse uma aventura, portanto, inadaptação, excentricidade, originalidade, rompimentos com a rotina, com as pessoas, com as convenções, recordes, natureza revolucionária e rebelde.

5º Eixo: Leão – Aquário: Individualidade e criação, ambos têm necessidade de estar em evidência, é o clássico e o moderno, o presidente e o do contra, o ditador e o rebelde.

Saúde: O sistema nervoso, os impulsos elétricos que vão para o cérebro e o sistema circulatório e vascular, pernas, calcanhares, tendão de Aquiles, líquido sinovial, tornozelos, safenas, articulações, visão e coração. As pessoas que apresentam uma forte influência de Aquário sofrem de varizes e esclerosamento das artérias, e o frio lhes é especialmente penoso. O signo também governa tíbias e tornozelos, as fraturas são comuns. Recomenda-se o consumo de romãs.

Profissão: Sociólogo, astrólogo, digitador, decorador, DJ, publicitário, revisor de texto, inventor, astrônomo, cartomante, oculista, engenheiro, projetista, produtor, executivo, psicólogo, educador, professor, radialista, jornalista, cineasta, escritor, astronauta, cientista e todas as atividades ligadas às artes plásticas.

Aquário com Ascendente em:

Áries: Busca de novidades, atitudes progressistas, no amor segue o lema da liberdade.

Touro: Dá maior estabilidade e pés no chão, desacelera a intensa imaginação de Aquário, no geral sai ganhando na vida.

Gêmeos: Instabilidade reforçada, intelectualidade redobrada.

Câncer: Diminuição da liberdade natural de Aquário, aceitação da família e do casamento.

Leão: Egoísmo, dominador, independente e temperamento forte.

Virgem: Grande curiosidade intelectual, intuição e discernimento, julgamentos infalíveis.

Libra: Maior poder de sedução, de equilíbrio e senso prático, com uma dose de indecisão.

Escorpião: Realização de ideais, maior força de vontade, tendência a ser exageradamente místico.

Sagitário: Saboreia mais a vida, dá menor pressa, encara o casamento com mais naturalidade.

Capricórnio: Grande contradições entre o conservadorismo e o idealismo, aumenta a responsabilidade.

Aquário: Maior simpatia e originalidade, capacidade de transformar tudo a sua volta.

Peixes: Indecisão eterna, certa fraqueza, existe uma preferência em escolher caminhos mais fáceis.

peixes

Peixes

20 de fevereiro a 20 de março (330º à 360º)

“Eu Creio”

Uma paixão de corpo e alma…

Netuno, planeta descoberto em 1846, é o regente moderno de Peixes. Este signo é uma combinação dos seguintes fatores: domicílio de Netuno e Júpiter, exaltação de Vênus e queda e exílio de Mercúrio. A astrologia funciona através de associações.

Para saber a que está associado Netuno, podemos voltar ao século XIX e tentar identificar de que forma este período se diferencia de outros momentos históricos.

Se o século XVIII, de Urano, se associa aos direitos civis (direito de ir e vir, liberdade de pensamento, etc.) o século XIX, de Netuno, se associa aos direitos políticos: direito de associação, direito de votar e ser votado.

Foi um século de lutas por melhores condições de vida para as pessoas organizadas em grandes grupos: Netuno é um planeta das ações de massa, das atividades realizadas em conjunto. Para esse planeta a união faz a força.

O período de descoberta do oitavo planeta do sistema solar foi caracterizado, entre outros fatores, por um grande avanço da medicina, com a assepsia e o uso em larga escala de anestésicos.

O emprego da anestesia humaniza o tratamento de doentes, cria uma realidade onde a dor é, às vezes, negada sem, contudo, ser eliminada sua causa. Superar a dor é, às vezes, cruzar a fronteira do real; esta é uma associação de Netuno.

É também deste século a invenção da fotografia e do cinema – a realidade que é sem ser – o reino do virtual, mistura entre a fantasia e a realidade, domínio de Netuno.

Enquanto Urano rompe as estruturas de Saturno pela destruição, Netuno faz a mesma coisa mostrando outras potencialidades. A astrologia sempre qualifica, nunca quantifica.

O exílio em Peixes de Mercúrio, planeta da razão e do raciocínio, não significa que o pensamento fique prejudicado neste signo, mas sim que ele pode avançar por saltos, sem linearidade, à beira da intuição.

Vênus, deusa do amor, tem dignidade em Peixes, signo do ilimitado: aqui o amor é amplo, irrestrito, incondicional, capaz tanto de sacrifícios como de fugas e ilusões.

Júpiter, planeta das grandes sínteses e das grandes viagens, também rege este signo das grandes visões que às vezes tropeça em pequenos detalhes e cujas raízes, por não estarem em parte alguma, estão em toda parte.

A mãe, personagem dominante na formação da personalidade de quem nasce sob esse signo, é ao mesmo tempo uma figura intensa, lúcida, crítica, mas com certa indefinição diante da vida, com um aspecto místico e caótico em sua personalidade.

Existem dois tipos de piscianos:

Tipo A: “dilatação extrema”, prevalência de Júpiter, nômade, evasiva, em busca de horizontes indefinidos, internacionalista, cosmopolita.

Tipo B: “compressão extrema”, predominância de Netuno, natureza prisioneira, exilada, monástica, nebulosa.

6º Eixo: Virgem – Peixes: Servir, pureza, simplicidade, prestação de serviços, manias, rituais, é o eixo musical. O excesso de organização gera confusão. Ambos veem o que os outros não veem. Virgem tem prestabilidade técnica, prática. Enquanto Peixes é prestativo no lado emocional, tem organização emocional e espiritual.

Saúde: O sistema linfático e glandular, sistema de fibras e nervos do corpo, aura magnética, tensão nervosa, intestinos, os pés (planta e dedos) e tornozelo. Quando os pés são afetados, mesmo por problemas insignificantes, como sapatos que incomodem, o bem estar geral do pisciano parece ressentir-se. Os nativos de peixes muitas vezes reagem desfavoravelmente aos medicamentos, e estes devem ser sempre administrados com cuidado, já que, mesmo, o remédio mais simples pode causar efeitos nocivos. Tendem a anemia, portanto, recomenda-se o consumo de passas, tâmaras e cereais.

Profissão: atriz, dançarina, escritor, sapateiro, esotérico, assistente social, enfermeiro, monitor de esportes náuticos, marinheiro, escultor, psicólogo, artesão, biólogo, botânico, engenheiro florestal, químico, religioso, cineasta, secretário, sociólogo e qualquer atividade exercida em instituições de caridade.

Peixes com Ascendente em:

Áries: Dilui a excessiva timidez de Peixes, confere mais garra e tenacidade (apego obstinado a uma ideia, a um projeto; persistência).

Touro: Confere maior realismo e segurança, excelente no amor onde há a busca da estabilidade.

Gêmeos: Instabilidade pessoal, maior comunicação, sociabilidade, e faz várias coisas ao mesmo tempo.

Câncer: Maior vulnerabilidade, sensação de que nunca é compreendido, fortes tendências artísticas.

Leão: Deixa a timidez, sai à luta, sua fragilidade vai ser na fidelidade amorosa.

Virgem: Maior senso de organização, temperamento mais equilibrado, com talentos artísticos.

Libra: Maior extroversão e diplomacia, maior inconstância e indecisão.

Escorpião: Personalidade atraída pelas ciências ocultas, grande poder de criação e aumento do ciúme.

Sagitário: Maior vitalidade e otimismo, fidelidade não exemplar.

Capricórnio: Maior realismo, pessimismo e introversão.

Aquário: Mais arrojado, capacidade de alcançar suas metas, ganha bom humor e aproveita melhor a vida.

Peixes: Redobra as características, muita preguiça e grandes qualidades artísticas.

zoe